PRF, PMAC, SEFAZ e DNIT realizam Operação Carga Pesada no Acre

No último dia 23 de fevereiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou em parceria com a Polícia Militar do Acre (PMAC) e com o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) a Operação Carga Pesada, no posto de fiscalização da Secretaria estadual da Fazenda (SEFAZ) no Tucandeiras, na BR-364, próximo à divisa com o estado de Rondônia.

Com o objetivo principal de coibir excesso de peso dos veículos, em especial dos caminhões que transportam cargas, no total, foram abordados 50 veículos, sendo 35 caminhões dentre os quais 14 estavam transportando carga acima do permitido por lei. Somente de Peso Bruto Total (PBT) foram aferidos mais de 19 toneladas de excesso de carga a mais do limite permitido.

De acordo com o Atlas de Acidentalidade no Transporte Brasileiro, excesso de peso foi a causa de 43% dos acidentes envolvendo caminhões em 2017. Segundo o Superintendente da PRF no Acre, Insp. Nelis Newton, a carga excedente nos veículos, por eixo ou mal dimensionada, os torna mais instáveis, eleva o prazo para que o caminhão consiga parar (tempo de frenagem), provoca sobrecarga nos freios e aumenta o risco de acidentes. Veículos envolvidos em sinistros com carga tóxica derramada também contaminam o solo e os rios, tornando a água inservível para consumo, podendo causar mortes dos viajantes quanto da fauna e da flora. Ademais, o excesso de peso causa desgaste prematuro do piso da rodovia, provoca buracos e compromete a segurança de todos que trafegam nas rodovias.

“A solução do problema passa pelo fortalecimento da fiscalização. Ações integradas como esta são de suma importância para prevenir acidentes e salvar vidas”. ressaltou o Superintendente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *