Quatro envolvidos em esquartejamento de jovem são presos pela DHPP

Quatro mandados de prisão preventiva foram cumpridos na manhã desta terça-feira, 5, durante uma ação de investigadores da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.
Das quatro ordens judiciais, três foram cumpridas no Bairro Santa Inês e uma no presídio Francisco de Oliveira Conde.
Os alvos da ação policial estão envolvidos na execução da jovem Sandra Lima de Souza de 21 anos.

Sandra como era mais conhecida foi morta no dia 05 de abril deste ano.
O crime ocorreu no interior de uma casa no Belo Jardim. A vítima, segundo informações, foi esquartejada e depois teve os restos mortais jogados no igarapé Judia também na região do Belo Jardim.
A conclusão da investigação conduzida pelo Delegado Cristino Bastos, titular da DHPP, é que o caso está relacionado à guerra de facções. “A Sandra foi para uma festa no Belo Jardim. No local ela foi flagrada fazendo fotografias de algumas pessoas. Os autores tomaram o telefone da jovem e, descobriram que ela tinha contato com membros de uma facção rival. Por isso ela foi morta”, disse o Delegado responsável pelo inquérito.
Durante interrogatório na sede da Delegacia de Homicídios os acusados confessaram a autoria do crime. O corpo da vítima não foi encontrado. Mas um crânio humano achado no mês passado no igarapé Judia pode ser da vitima. O delegado Cristino Bastos já solicitou exames de DNA no Instituto de Análises Forenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *