Sargento da PM é assassinado na madrugada de domingo no Conjunto Tangará

Fotos Portal Ecos da Notícia
Fotos Portal Ecos da Notícia

Testemunhas dizem que o sargento parou a moto no cruzamento das ruas Dourado com Nações Unidas e permaneceu no local por cerca de 40 minutos. Quando ele se preparava para sair foi abordado por Diego Moraes que de posse de um punhal anunciou o assalto e exigia que o militar entregasse o veículo.

O sargento M. Machado reagiu e recebeu um golpe na cabeça. Em seguida sacou a pistola e atirou. O disparo acertou o bandido superficialmente nas costelas, mas não o suficiente para derrubá-lo. Sangrando bastante o Pm foi dominado e morto com a própria arma.

O bandido se evadiu, mas foi capturado e preso logo em seguida. Essa é a primeira baixa da Polícia Militar no ano de 2014. A arma que o sargento usava na hora em que foi morto era dele e não pertencia  a corporação. O bandido, Diego Moraes, também conhecido por Dieguinho tem várias passagens pelo presídio de Rio Branco, principalmente por assalto.

Ele foi encaminhado para o pronto-socorro e levado nas primeiras horas da manhã de domingo para o presídio. O crime aconteceu por volta de uma hora da madrugada de domingo. No local onde o militar tombou ainda era possível vê sangue espelhado pelo asfalto. Com mais de 20 anos de polícia, o sargento Manoel Valmir Machado estava lotado na cavalaria da PM.

(Ronaldo Guerra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *