Suspeito de integrar facção morre em confronto com o BOPE

O movimento de viaturas foi intenso, a todo instante policiais chegavam e deixam o local. Foi em uma  área de mata, que na rua da Laranja, atrás da sede da Associação de Moradores do Mocinha Magalhães que aconteceu a troca de tiros entre policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e suspeitos de integrar uma organização criminosa.

O batalhão de Operações Especiais realizava uma ação no local de combate à criminalidade, quando deparou se com um grupo de oito pessoas. De acordo com o delegado Cristiano Bastos, ouve uma investida contra os policiais.

Francisco Alysson da Silva Melo, de 22 anos, conhecido como “Guará” que é suspeito de fazer parte de uma facção foi baleado e não resistiu aos ferimentos. Moradores da região disseram que ouviram pelo menos dez disparos, toda a área foi isolada pela a polícia militar.

Com a chegada de uma equipe do Instituto de Criminalística da Polícia Civil foi feita a perícia de local. Pouco tempo depois o corpo foi resgatado e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Francisco Alysson era investigado pela a polícia como um dos suspeitos de executar o ex-soldado do exército  Lauro Diones, de 22 anos. O crime aconteceu na noite de sábado (19) no bairro Mocinha Magalhães. Segundo a polícia duas armas e seis pessoas foram presas na ação policial.

Ecimário Carvalho –Redação TV5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *