Três envolvidos em assassinato no pólo Elias Moreira se entregam à polícia

Na manhã da última segunda-feira, 25, duas pessoas se entregaram na Unidade de Segurança Pública de Sena Madureira.Elas   afirmaram terem participado  da execução de Jarlen Alencar, 27, assassinado na tarde do último sábado, 23. Os dois homens identificados como: Cleudo Rodrigues e Antonio Carlos, cunhado de Cleudo mora muito próximo do local da execução. Em relatos, um dos acusados, Cleudo Rodrigues, se disse desapontado, pois segundo ele, teria gasto R$ 200 reais para comprar a escopeta usada no homicídio, mas o amigo e cunhado Antonio Carlos, não deixou ele concluir o crime. Antonio Carlos assumiu  os disparos que ceifaram a vida da vítima, com a colaboração do 3º envolvido, que é irmão de Cleudo.

Os réus confessos ainda detalharam a execução, dizendo que efetuaram 03 disparos, sendo 01 nas costas, 01 no rosto e outro na altura do ouvido, disparos esses efetuados com 02 (duas) armas, de calibres 36 e 20, o terceiro envolvido no assassinato, cujo nome ainda não fora revelado, se entregou na manhã dessa terça -feira, 26. Ele também entregou uma outra escopeta. Em nenhum momento os acusados demonstraram arrependimento, ao contrário, se demonstraram frios e calculistas. , Os três homicidas foram interrogados pelo delegado Antônio Alcestes e devem ser encaminhados para a Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes.

(Repórter Sena)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *