Publicado em 22 de fevereiro de 2013

Trio que invadiu casa e sequestrou o ex-deputado José Bestene já está atrás das grades

O crime aconteceu em janeiro deste ano, mas a prisão dos assaltantes que invadiram e sequestraram o ex-deputado José Bestene aconteceu só na tarde de quinta-feira (21).

O trio – Jhonatan de Souza Rodrigues, “Jhony”, Josivânio Saraiva da Silva, “Metal”, e Leandro Lima Cabanelas, conhecido como “Espírito” foi preso por investigadores da Delegacia Antiassalto da Polícia Civil, no Recanto dos Buritis.

O assalto à casa do ex-deputado ocorreu no dia 24 do mês passado, no período da madruga. Após invadirem a residência, os criminosos decidiram roubar a caminhonete da garagem da vítima, que acabou sendo levada e mantida refém.

Bestene foi liberado em uma estrada de terra no ramal da Judia. As investigações se iniciaram imediatamente e todos os envolvidos foram identificados e presos.

Delegado Alcino “As prisões dos envolvidos apresentam reflexos positivos no restabelecimento da tranquilidade que havia sido fragilizada na região dos bairros Santa Inês e Recanto dos Buritis”, observou o delegado Alcino.

De acordo com a polícia, “Jhony” já cumpriu pena por homicídio e teria participado do assassinato do policial militar Josivan Nogueira. Considerado “violento”, consta no apuratório policial, que “Jhony” afrontava a comunidade, promovendo inconstância na segurança, nas cercanias do bairro onde foi capturado.

O delegado Alcino Júnior apresentou também cinco televisores, três câmeras fotográficas, duas lanternas, nove celulares e três relógios, oriundos de furtos, recuperados pela polícia em vários bairros da capital durante as investigações de assalto.

“Nós também apreendemos um kit de ferramentas, usado por ladrões, para arrombar residências e subtrair bens de valores, especialmente eletroeletrônicos”, finalizou o delegado.

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)