Publicado em 6 de dezembro de 2018

Sessão solene homenageia os 70 anos da Sociedade Bíblica do Brasil

Rose Lima-EcoacreTv

Enquanto uma sessão solene homenageando os 70 anos da sociedade bíblica do brasil, deputados estavam reunidos com sindicalistas e especialistas da Previdência e da PGE para ratar sobre proposta de regime de previdência complementar.  Enquanto no plenário autoridades eclesiásticas da igreja católica e das mais diversas igrejas evangélicas eram homenageadas pelos 70 anos da sociedade bíblica do brasil, fruto de um requerimento do deputado Nelson Sales, na sala de reuniões um debate acirrado para chegar a um entendimento sobre as intenções do governo apresentando no final do mandato, uma proposta de novo regime de previdência complementar.

No plenário, discursos de gratidão, de palavras de incentivo e apoio as SBB, pelo trabalho dedicado a disseminar a Bíblia e, por meio dela, promover o desenvolvimento integral do ser humano. Todas as ações da SBB têm como finalidade o cumprimento da missão de contribuir para o desenvolvimento integral do ser humano, utilizando como ferramenta fundamental as Escrituras Sagradas.

A Bíblia é um instrumento de transformação espiritual e social, além de fonte de conhecimento e educação. Base cultural e do pensamento filosófico de toda a civilização ocidental, o Livro Sagrado contém, ainda, valores éticos capazes de auxiliar na construção de uma sociedade mais justa, pacífica e harmônica.

Por falar em harmonia, bem próximo dali, na outra pauta do dia, o regime de previdência complementar, os sindicalistas não abriram mão de impedir a votação do projeto. Eles querem mais esclarecimentos sobre este regime previdenciário proposto pelo governo.

O deputado Daniel Zen, líder do Governo na casa disse que o grupo chegou a um consenso e que esse projeto precisa ser melhor analisado e quem sabe sofrer algumas alterações, além de ser absolutamente necessário que os servidores tenham total entendimento para poder aderirem ou não.

De volta ao plenário, oração pelas autoridades, pelo nosso estado e nosso país. E que Deus nos a

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)