Tião Viana não vai participar da posse de Gladson Cameli e não entregará faixa ao novo governador

Tião Viana (PT), por meio de sua assessoria de imprensa, comunicou na noite desta sexta-feira (28), que não vai participar do ato de transmissão do cargo de governador para Gladson Cameli (Progressistas), na próxima terça-feira (1). Os motivos não foram explicados, em nota, foi informado apenas que Viana “será o governador do Acre apenas até às 23h59 do dia 31/12/2018”.

Também na sexta-feira, Gladson Cameli fez pausa em sua agenda de compromissos pessoais, neste sábado, para atender um pedido do cerimonial do Palácio Rio Branco que prepara o ritual de sua posse como novo governador do Acre. Gladson foi até a sede do governo para ser informado de como será o procedimento a seguir no dia de sua posse. Ele foi informado de como proceder durante a solenidade.

Na avenida Brasil, onde começará o desfile de apresentação do novo governador, um militar a paisana representou a figura do governador no momento em que ele deverá passar em revista a tropa. Depois o cerimonial mostrou o posicionamento em que Gladson Cameli deve se colocar. Ao novo governador foi passada instruções de como proceder durante a revista à tropa, na cerimônia popular que acontecerá na esplanada do Palácio Rio Branco.

No final da tarde, o novo governador recebeu telefonema do governador Sebastião Viana [PT]. O assunto, segundo assessores próximo, era de foro íntimo. Viana avisou a Gladson que queria pedir desculpas por não ir a solenidade de transferência de faixa governamental. Alegou motivos pessoais e desejou sorte ao novo governador do Acre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *