Após ser agredido pelos colegas de cela detento não resiste e morre.

Simone Oliveira-EcoacreTV

Emerson Galdino de Souza de 19 anos estava cumprindo pena por tráfico, e organização criminosa o detento estava no pavilhão E na sela 04 do presido Francisco de Oliveira conde. Na tarde desta terça-feira os colegas de sela começaram a espanca-lo, quando os agentes chegaram na sela, Emerson estava com várias escoriações pelo corpo, O SAMU foi acionado, Emerson acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. A equipe do instituto médico legal juntamente com a perecia chegou por volta das 18 horas no presídio para recolher o corpo.

O perito Pedro borges disse que o detento estava com várias marcas pelo corpo e que tentou se defender no momento em que estava sendo agredido. Todos os detentos que estavam na mesma cela de Emerson foram encaminhados para delegacia de flagrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *