Publicado em 17 de abril de 2013

Comitiva entrega lista de veículos brasileiros irregulares na Bolívia

Uma lista com informações sobre 13 veículos em situação irregular identificados no Departamento de Pando, na Bolívia, fronteira com o Acre, foi entregue ao secretário de Segurança do Estado, Ildor Renir Graebner, pelo comandante do Departamento de Polícia de Pando, José Edwin Sanchez del Carpio. Uma comitiva boliviana está em Rio Branco para reafirmar o compromisso de trabalhar em conjunto e cooperar para questões de segurança, respeito aos direitos humanos e desenvolvimento produtivo e sustentável.

Sobre os veículos, a Secretaria de Segurança do Estado vai checar os dados com os proprietários que registraram queixa sobre roubo. Existe outra lista com mais 42 veículos que estão com dados em fase de processamento para serem entregues ao governo acreano. A visita da comitiva é um desdobramento do acordo firmado em Rio Branco durante o seminário internacional “Desenvolvimento Econômico Integrado Sustentável na PAN-Amazônia Sudeste”. Na ocasião foi assinada a Carta de Rio Branco, onde foi firmado um protocolo de intenções a serem desenvolvidas nos setores de economia, turismo, saúde, desenvolvimento social, transportes, meio ambiente, desenvolvimento sustentável, energia elétrica, redução da pobreza, segurança pública e fortalecimento das fronteiras.

“A comitiva veio reafirmar seu compromisso em cooperação com o Estado, tanto na área de segurança, com troca de informações, intercâmbio de policiais e treinamentos, como na produção sustentável e em outras áreas estratégicas para o fortalecimento dos povos e das fronteiras”, disse Graebner.

“A comitiva veio reafirmar seu compromisso em cooperação com o Estado, tanto na área de segurança como na produção sustentável e em outras áreas estratégicas", disse Reni Graebner (Foto: Sérgio Vale/Secom)

“A comitiva veio reafirmar seu compromisso em cooperação com o Estado, tanto na área de segurança como na produção sustentável e em outras áreas estratégicas”, disse Reni Graebner (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O comandante da Polícia de Pando deixou claro que é contrário a qualquer violação aos direitos humanos e que seu país vem se esforçando para oferecer o melhor tratamento aos cidadãos brasileiros e também bolivianos, pois não há distinção entre os seres humanos. “Estamos cooperando com informações e trabalho em conjunto para solucionar todos os casos que estão em andamento envolvendo cidadãos dos dois países”, disse Sanches.

O assessor do governo de Pando, Pedro Villa, ressaltou que o governo do Departamento está disposto a trabalhar de forma conjunta, com toda a integração possível, e espera principalmente apoio no setor de desenvolvimento sustentável.

“Temos interesse em trabalhar com a piscicultura e com o látex. Podemos inclusive vender a nossa produção para a Fábrica de Preservativos. Fortalecendo a economia e dando oportunidade de trabalho para o nosso povo da fronteira, ajudamos a minimizar dificuldades sociais e trazer melhores condições de vida para a população. Isso reduz a violência e o tráfico e fortalece o Estado”, observou.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)