Publicado em 20 de junho de 2018

Dez internos estão envolvidos em morte de jovem na Pousada de Sena Madureira

fonte- G1

Com base nos depoimentos dos acusados, o delegado disse que o crime pode ter sido motivado pela briga entre facções criminosas

A Polícia Civil de Sena Madureira, sob o comando do delegado Marcos Frank, está investigando desde ontem a morte do jovem Railan de Sousa Silva, 18 anos de idade. Na manhã desta segunda-feira, 18, ele foi atingido com várias perfurações pelo corpo, dentro do Centro Sócioeducativo Purus – a conhecida Pousada do menor.

Socorrido, Railan foi encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital João Câncio Fernandes, entretanto, não resistiu à gravidade dos ferimentos e foi a óbito pela parte da tarde.

De acordo com o delegado Marcos Frank, dez internos estão envolvidos no assassinato, sendo cinco menores de idade e cinco maiores. “Os maiores de idade aguardam decisão judicial para serem transferidos para o presídio. Já os menores permanecerão na pousada”, enfatizou.

Com base nos depoimentos dos acusados, o delegado disse que o crime pode ter sido motivado pela briga entre facções criminosas. “Há evidências nesse sentido, mas ainda estamos investigando. O fato é que os autores já foram identificados e agora a justiça tomará de conta”, destacou.

Railan de Sousa Silva cumpria internação na referida unidade por envolvimento na morte do Coronel da PM Manoel Pedro, ocorrida em setembro do ano passado nas proximidades da Feira Livre dos colonos. Ao ser atacado ontem pelos rivais, o mesmo sofreu perfurações no peito, no pescoço e também nas costas.

Além de Railan, outros dois internos da pousada também foram feridos, porém, com gravidade menor.

Os acusados utilizaram estoques (armas produzidas de maneira artesanal) para consumar o crime.

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)