Piloto que sobreviveu a acidente não resistiu a ferimentos | ecoacre.net
Publicado em 12 de fevereiro de 2018

Piloto que sobreviveu a acidente não resistiu a ferimentos

 

A Família do piloto que sofreu um acidente no domingo na capital acreana chegou a fazer uma campanha pedindo doação de sangue para que o piloto fisesse mais uma cirurgia. De acordo com os familiares, Luiz tinha seu estado considerado grave e respirando com a ajuda de aparelhos. na ultima tentativa de salvar a vida de Luis os médicos iniciaram mais uma cirurgia, mas, ele não resistiu.  Luizinho como era chamado pelos familiares e amigos,  realizou sonhos e morreu vivendo eles, fazia o que gostava e voar foi uma de suas paixões. O Estado de saúde do técnico em eletrônica Luiz Carlos Melo, de (40) anos e grave. Ele passou por pelo menos três cirurgias no domingo após o acidente em que morreu o piloto Geliton Roque. Luizinho como e  chamado pelo amigos, teve politraumatismo e esta internado na Unidade de terapia Intensiva do Hospital de Urgência e Emergência. O Acidente

A queda da aeronave conhecida como trike ultraleve (tipo de asa delta com triciclo motorizado) aconteceu em uma área de campo próximo ao posto da Policia Rodoviária Federal, no KM-09, da BR-364, em Rio Branco, na manhã deste domingo.

A vítima fatal é Geliton Bezerra Roque (41). Ele era o piloto. Já Luiz Carlos Melo, o copiloto, foi conduzido pelo Samu ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado grave.

O caso foi comunicado à Aeronáutica que inicia agora processo de investigação para saber os motivos para a queda. A aeronave e conhecida por sua autônima de até 5 horas de voo e de ser um dos mais seguros.

O corpo do piloto esta sendo velado na capela são Francisco, na Rua Isaura parente Bairro Bosque. sepultamento acontece nesta quarta-feira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)