Publicado em 13 de junho de 2018

Forças de Segurança deflagram operação integrada “Fronteira Segura” no Alto Acre

Sandro de Brito

Seguindo planejamento estratégico de combate ao crime organizado, forças de segurança do Estado deflagraram na manhã desta terça-feira, 12, a operação “Fronteira Segura” nos municípios de Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia.  Paralelo à operação, o Exército Brasileiro também está nas rodovias reforçando a segurança na região do Alto Acre.

Operadores de segurança da Polícia Civil e da Policia Militar por meio do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e Exército Brasileiro (EB) realizaram incursões e blitze no sentido de identificar e prender pessoas em débito com a justiça, além de coibir o tráfico de drogas e crimes transfronteiriços na região em parceria com a Polícia Nacional Boliviana (PNB).

Parcial da Operação

Até o fechamento desta edição, as forças de segurança haviam prendido duas pessoas. A dupla de suspeitos fugiu do bloqueio policial retornando ao país Bolívia sendo interceptado pela ação de policiais bolivianos. Em posse dos suspeitos a polícia boliviana apreendeu uma arma de fogo modelo Pistola 380, municiada, e 17,665 kg de cocaína pura. A droga foi encontrada após revista em uma veículo que a dupla conduzia.

As ações vem sendo desencadeadas em todas as regiões de fronteira seguindo determinação do governador Tião Viana. Várias operações já foram realizadas nas regiões do Juruá, Purus/Envira, Baixo Acre e Alto Acre.

De acordo com o secretário adjunto de Segurança Pública, coronel Glayson Dantas, as ações visam combater de forma contundente a criminalidade na região de fronteira.

“Os crimes fronteiriços estão sendo combatidos de maneira firme no sentido de frear a criminalidade, sobretudo, os crimes de tráfico de drogas que são os que fomentam os demais crimes”, ponderou Dantas.

Para o Comandante do Policiamento Operacional III, tenente-coronel Estene, as ações tiram de circulação ativos criminais.

“As ações integradas entre as forças de segurança do Estado do Acre, Exército Brasileiro e da Polícia Nacional boliviana, levaram a êxito na prisão dos dois indivíduos no centro da cidade de Cobija. As ações operativas estão subsidiadas pelos serviços de inteligência das forças de segurança, do Exército Brasileiro em colaboração com a Polícia Nacional Boliviana”, disse Estene.

O delegado responsável pela regional do Alto Acre, Karlesso Nespoli, coordena as ações da Polícia Civil com o cumprimento de mandados de busca e apreensão em toda região.

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)