Publicado em 2 de junho de 2016

Inscrições para 9ª Edição do Casamento Coletivo seguem até sexta-feira (3)

No terceiro dia de atendimento à população para as inscrições do Casamento Coletivo no Fórum Barão de Rio Branco, já foram contabilizados 956 casais inscritos. O evento está programado para o dia 12 de agosto no estádio Arena da Floresta, na Capital.

casamento_coletivo_inscircoes_2016_2

A supervisora do projeto, Lenice Lima, afirma que a busca tem superado as expectativas. “No primeiro dia foram 329 inscritos, no segundo 297, neste terceiro, já foram mais 330 inscritos. Nossa meta é alcançar 1500 casais”, afirma Lima.

Retomado pela atual gestão, o Projeto Cidadão está sendo coordenado pela Presidência do Tribunal de Justiça do Acre. A ação tem como foco o acesso à cidadania e eficiência na obtenção da documentação, no caso a regularização do estado civil. A ação reflete as diretrizes da atual gestão que são voltadas para a responsabilidade social e humanização da Justiça.

Certidão de casamento

Trata-se de trabalho social que assegura a documentação de forma gratuita e rápida para a comunidade. “Estar com o registro civil em dia é muito importante, porque geralmente quando se vai atrás de algum documento, financiamento ou mesmo alguma situação que exija comprovação que a pessoa é casada é a certidão de casamento que atesta isso”, esclarece Lenice.

Documento que era importante para Angra dos Santos e Antônio Raimundo Oliveira. O casal já está junto há nove anos e possui uma filha, a Emanuelle. Para Antônio, essa era uma etapa que faltava. “Quando a gente se casar no civil, vamos ter um documento a mais que prova a nossa união”, disse.

Com a senha nº 286 estava Raimundo Ricardo Gomes. “Depois de 20 anos, decidi que já estava na época certa de casar. Moro junto com a Raimunda Epifânia há 19 anos e temos três filhos. Esse é um princípio religioso, por isso é importante a gente se adequar”, compartilha.

Registrando o amor

As alianças e as fotos são pautas diárias de conversa da Maria da Conceição Silva e Olívar Vieira. Mas antes de pensar na celebração, o casamento simboliza para eles uma formalização necessária perante Deus. “Eu sou de Igreja e ministro aulas bíblicas e não podia continuar a falar dos ensinamentos sem ter cumprido minha parte”, explicou.

casamento_coletivo_inscircoes_2016_10

O relacionamento tem dois anos e começou por uma ligação telefônica. Maria mora nas Placas, Olívar no Benfica. Uma amiga foi o cupido e sugeriu Olívar como pretendente. Então, Maria aceitou a ideia e deixou a amiga passar o número para o partido.

Três ligações depois se encontraram na praça da Revolução para tomar um refrigerante. O próximo passo foi decisivo. Olívar foi à casa de Maria para conhecer sua mãe. “E quando eu cheguei lá estavam os cinco irmãos dela tudo me esperando”, ri da lembrança o noivo.

Um mês depois começaram a morar juntos. E, na tarde desta quarta-feira, (1º), chegaram com uma pasta com seus documentos, os papéis de divórcio, certidão de nascimento, RG e CPF e em poucos minutos a contagem regressiva passou a ser real, porque agora está estabelecida a data em que Conceição e Olívar vão se casar.

Assessoria TJAC

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)