Jovem que morreu em viatura da PM foi vítima de overdose

 

Ecimáiro Carvalho

Um homem que morreu dentro de uma viatura da polícia militar no início do mês sofreu uma overdose. A confirmação foi feite pelo o instituto de criminalística da polícia civil.

O laudo de exame cadavérico foi divulgado nesta segunda-feira. A conclusão do exame é que Ronaldo Santos Araújo de 28 anos, m, morreu em decorrência de uma overdose. Na amostra analisada, no instituto de criminalística da polícia civil, foi detectado a presencia de cocaína.

Ronaldo Santos Araújo morreu no último dia 04. Após ser conduzido para esta viatura da Polícia Militar. O fato aconteceu nesta região da cadeia velha. De acordo com a PM, Ronaldo ligou para o CIOPS, informando que tinha assassinado a ex mulher e iria cometer suicídio. Ao chegar no local, a guarnição o encontrou desmaiado, Ronaldo chegou a ser reanimado, mas passou quando foi levado para viatura e foi a óbito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *