Publicado em 27 de junho de 2017

Mortes na Amadeo Barbosa preocupam comando do Batalhão de Trânsito

Em um mês, quatro mortes foram registradas na avenida Amadeo Barbosa, esses incidentes provocaram uma reunião entre o Comando do Batalhão de Trânsito e a direção do Detran. Na colisão de sábado (24) entre motocicletas duas pessoas morreram, a imprudência foi  o fator preponderante para a tragédia.

São incidentes assim, que colocam o Brasil como um dos cinco países mais violentos no trânsito do planeta. Uma das ferramentas usadas pelas autoridades para combater e tentar reduzir o número de tragédias é a operação álcool zero. No Acre os resultados são excepcionais, mesmo a frota do estado tendo um crescimento de 38%.

Em relação a Avenida Amadeo Barbosa que hoje é a via que mais preocupa os órgãos ligados ao trânsito,  o comandante do BPtrans, Coronel Bino, afirma que a partir do próximo final de semana as ações vão se intensificar no sentido de coibir atos desastrosos de condutores irresponsáveis que usam a via para fazer rachas.

Outro fator de preocupação são os rolés realizados por motociclistas aos sábados. Segundo o Coronel Bino, o Código de Trânsito Brasileiro não proíbe esse tipo de evento, porém, aqui essa diversão tem gerado polêmica principalmente com os condutores de veículos. Os órgãos estão elaborando uma lei para normatizar os passeios noturnos dos motoqueiros.

Ronaldo Guerra – Redação TV5

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)