Publicado em 6 de dezembro de 2017

Saúde continua sendo assunto na ALEAC.

Por: Rose lima

Depois de ter sido aprovada na CCJ – comissão de constituição e justiça da assembleia legislativa, a PL de autoria do deputado Raimundo Correia, onde o estado iria absorver os servidores concursados do pró-saúde, evitando a demissão de centenas de trabalhadores, como sugere o TAC do ministério público, o projeto continua sendo pauta de discussão.

Por causa de um discurso do deputado Daniel Zen, falando da inconstitucionalidade do projeto, a oposição questionou a oposição.

O deputado da base e autor da PL, respondeu aos questionamentos de gherlen diniz. Raimundinho disse que não apresentaria um projeto se não acreditasse que ele poderia ajudar a resolver a situação dos servidores. Contudo o deputado afirmou que nem sempre os colegas pensam da mesma forma e as vezes divergem em opiniões.


A sessão foi novamente suspensa para discutir as matérias pendentes que precisam ser votadas antes do recesso. Somente do executivo, nesta terça-feira deram entrada 17 projetos.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)