Publicado em 18 de Maio de 2018

Cinco PMs são presos por ameaçar posseiros na região de Porto Acre

Ecimáiro Carvalho-EecoacreTV

Uma ação da polícia civil resultou na apreensão de um verdadeiro arsenal de armas. oito acusados de ameaçar posseiros numa área de terra no novo Andirá foram presos, entre eles, estão quatro PMs do Amazônas.

No vídeo feito por um dos posseiros é possível ver um dos jagunços com uma espingarda e uma pistola no coldre.  Um morador reclamou da ação dos homens armados. Em outra imagem, um homem de boné vermelho, está armado e com colete balístico e discute com uma moradora.

O alvo de disputa é uma área de terra no seringal Novo Andirá, zona rural de Porto Acre. O grupo armado teria ido ao local para forçar as pessoas deixar o local, que está em conflito judicial. Uma equipe da Policia Civil coordenada pelo o delegado Cleylton Videira. Após receber a denúncia foi a região, no local os investigadores encontraram um verdadeiro arsenal de armas.

Quatro pistolas, duas espingardas, 1 revolveres, um rifle e farta quantidade de munição. Além de rádios comunicadores, facões, lanternas e até algemas, as pistolas apreendidas são da Policia Militar do Amazonas.

Na ação policial, oito envolvidos nas ameaças, acabaram presos, entre eles, 5 policiais militares, sendo quatro da PM do Amazonas, que estão lotados em Boca do Acre. São eles; os soldados Antônio Dantas, Alércio Silva de Souza, Jardey Monteiro Oliveira e o segundo sargento Valdeisson Francisco da Silva. Além do sargento do 5º BPM de Rio Branco Rodiney Lima Rodrigues.

O médico que pagou para os PMS expulsar os posseiros também é alvo de investigação.

 

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)