Publicado em 17 de Maio de 2018

Mãe de bebê será indiciada por tráfico de drogas e homicídio culposo

Ecimairo Carvalho-EcoacreTV

A mãe da bebê de um ano, que morreu após comer bolo misturado com maconha, vai ser indiciada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar e tráfico de drogas.

Um dia após a divulgação dos laudos, o delegado Marcos Frank confirmou que Kelly Melo de Almeida de 19 anos, mãe da Bebê de um ano, que morreu após comer bolo, misturado com maconha vai ser indiciada por dois crimes homicídio culposo quando não há a intenção de matar e tráfico de drogas. O delegado confirmou por telefone que a acusada não será novamente interrogada. Kelly Melo, foi ouvida na delegacia de Sena Madureira no dia 25 do mês passado.

De acordo com a polícia, o bolo, seria levado para o pai da criança, que cumpre pena, no presídio Evaristo de Moraes em Sena Madureira.

Essa informação pode resultar em uma nova investigação, para descobrir se o adolescente já tinha contato com a droga. Com os laudos em mãos o inquérito, que apura o caso será finalizado. O pedido da prisão preventiva da acusada deverá ser encaminhado ao poder judiciário

 

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)